Consumidor x consumidora: as diferenças na hora de comprar o carro dos sonhos

shutterstock_125341412 (1)

Há cada vez menos diferenças de comportamento entre homens e mulheres, inclusive quando o assunto é carro. Quer um exemplo? Homens e mulheres jovens (até 25 anos) já pagam praticamente o mesmo valor pelo seguro. Os principais motivos são: primeiro, as mulheres estão comprando mais carros, dirigindo mais e bebendo mais; segundo, o uso do carro para estudar à noite – muitas universitárias estacionam nas ruas próximas à faculdade, alvo mais fácil para ladrões.

Mesmo no caso de mulheres casadas, a decisão de compra do carro está longe de ser terreno masculino. Estudos mostram que as brasileiras compram cerca de 40% dos carros e exercem influência em metade da fração restante, ou seja, mulheres têm peso total ou parcial na decisão: entre 70% e 80% das vendas de carros.

Diante de todos esses números, será possível afirmar que homens e mulheres querem coisas diferentes na hora de comprar um carro? Sim, especialmente se forem solteiros, caso em que não tomarão a decisão em conjunto. Confira algumas das principais.

Modelo

Uma grande pesquisa americana com mais de 30 milhões de carros usados listados na internet mostrou que as mulheres têm forte preferência pelos crossovers, ou CUVS – aquele que combina a plataforma de um carro de passeio com características das caminhonetes; já os homens têm maior tendência a preferir carros esportivos e conversíveis.

Preço

Mulheres certamente ainda dão mais importância a roupas e joia e estão longe de competirem com os homens no preço dos carros. Quanto mais caro o carro, maior a chance de que ele atraia uma proporção mais alta de compradores homens.

Idade

Os homens gostam dos carros em duas idades: os novíssimos e os antigos. Mulheres preferem os carros em uma faixa intermediária (de 2 a 10 anos de idade). As mulheres são mais sensíveis nos quesitos segurança, confiabilidade e bom custo-benefício, enquanto os homens estão dispostos a gastar mais com um carro que acham bonito, possante ou que dê status.

Razões diferentes

Uma outra pesquisa, esta do site TrueCar.com, aponta que, na verdade, homens e mulheres procuram coisas muito parecidas nos carros, mas por motivos diferentes – portanto, cabe ao vendedor, marketing ou concessionária explorar esses fundamentos. Mulheres querem um carro confiável para não ficarem presas na estrada; homens, para não perderem tempo na oficina. Homens querem um carro possante para curtir a alta velocidade e para contar vantagem; mulheres também, mas para poderem escapar de alguma encrenca.

Apesar dessas semelhanças, ainda persistem diferenças nos modelos comprados por homens e mulheres: elas preferem carros menores e mais fáceis de manobrar, enquanto eles compram carros grandes e mais velozes.

Acelerando as vendas

O carro é para muitos homens um símbolo de status e um bônus na autoestima. É um marco de independência. Para as mulheres, o carro é mais uma ferramenta, um meio de transporte, uma forma de ir do ponto A ao B. Isso pode ser visto também na diferença do interior dos carros. Em geral, homens mantém o carro limpo e sem bagunça, em franco contraste com seus quartos. Já carro de mulher é cheio de badulaque, bolsa, roupa, maquiagem, revista – um claro sinal do que o carro significa para um e para outro.